Juiz decide a favor da Sony em processo de controle de US$ 500 milhões

Juiz decide a favor da Sony em processo de controle de US$ 500 milhões

Game

A Sony venceu com sucesso um processo por violação de patente no qual estava sendo processada em US$ 500 milhões, depois que um juiz do Tribunal Distrital dos EUA decidiu a favor da empresa PlayStation.

O processo foi baseado no método de comunicação entre controlador e console da Sony, com a Genuine Enabling Technology – uma empresa com histórico de ações judiciais sobre patentes de tecnologia – buscando US$ 500 milhões em danos. A GET inicialmente apresentou uma queixa contra a empresa em 2017, alegando que a Sony havia infringido sua patente.

Especificamente, esta patente foi intitulada ‘Método e aparelho para produzir um fluxo de dados combinado e recuperar a partir dele o respectivo fluxo de entrada do usuário e pelo menos um sinal de entrada’.

Noticiário: Por trás das manchetes do GDC, um cauteloso sentimento de esperança.Assista no YouTube

Posteriormente, a Sony disse que a empresa não havia fornecido evidências suficientes para apoiar suas alegações de que um componente em seus controladores de PlayStation era “estruturalmente equivalente” aos diagramas apresentados na patente do GET.

Agora, um juiz decidiu a favor da Sony, conforme relatado pelo site irmão da Eurogamer GamesIndustry.biz. Em um memorando de opinião visto por GI.biz, no início desta semana o juiz em questão disse que o GET “não conseguiu levantar uma disputa de fato”. Como resultado desta constatação, deferiram o pedido do titular da plataforma para um julgamento sumário de não infração, declarando o caso encerrado.

Como observou GI.biz, esta não é a primeira vez que o GET tenta entrar com esse tipo de ação judicial.

Também apresentou uma queixa semelhante contra a Nintendo. Inicialmente, um juiz decidiu a favor da Nintendo, mas o Tribunal de Apelações reverteu esta decisão em 2022. Como tal, este processo específico ainda está em curso.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *