Ubisoft supostamente revogando The Crew das bibliotecas dos proprietários após desligamento do servidor

Ubisoft supostamente revogando The Crew das bibliotecas dos proprietários após desligamento do servidor

Game

Depois de desligar os servidores do The Crew no final de março, a Ubisoft começou a remover o jogo de corrida de mundo aberto das bibliotecas dos proprietários e a revogar sua licença de usuário.

A Ubisoft retirou The Crew – que de outra forma estaria comemorando seu décimo aniversário ainda este ano – das vitrines digitais em dezembro passado, com a editora anunciando que desligaria permanentemente os servidores do jogo em 31 de março de 2024. E isso não significava apenas o The Crew’s os elementos multijogador não estariam mais acessíveis após o final de março; devido à natureza sempre online do jogo, todo o conteúdo para um jogador também deixaria de estar disponível.

Mesmo assim, os fãs de The Crew – alguns dos quais esperavam que o jogo pudesse viver através de servidores privados – ficaram chocados ao descobrir no início desta semana que a Ubisoft aparentemente também começou a revogar as licenças dos proprietários, tornando o jogo impossível de baixar e instalar.

Noticiário: Compraremos o PlayStation 5 Pro?Assista no YouTube

Jogadores relatados (obrigado PC Gamer) The Crew foi retirado de suas bibliotecas do Ubisoft Connect e colocado em uma nova seção de “jogos inativos”, junto com a mensagem: “Você não tem mais acesso a este jogo. Por que não verificar a Loja para continuar suas aventuras?”. As tentativas de executá-lo diretamente de um diretório de instalação existente iniciam o jogo, mas apenas no modo de demonstração, enquanto as instalações do Steam recebem uma solicitação para inserir uma chave do jogo.

Escusado será dizer que a resposta tem estado longe de ser positiva – um comentador num longo tópico do Reddit chamou a mudança de “comportamento realmente abominável que precisa deixar de ser legal”, enquanto outro disse que foi a “decisão mais triste e implacável que já vi na história dos jogos” – com muitos chamando a atenção para a iniciativa Stop Killing Games recentemente lançada .

A Stop Killing Games foi criada pelo YouTuber Ross Scott em resposta ao anúncio original de encerramento do The Crew da Ubisoft e tem como objetivo lançar desafios políticos e legais à ocorrência cada vez mais comum de jogos comprados que se tornam impossíveis de jogar.

Quanto à Ubisoft, quando contactada pela Eurogamer para comentar a sua decisão de começar a revogar as licenças do The Crew, limitou-se a referir-se ao seu anúncio inicial. “Anunciamos em 14 de dezembro de 2023 que, após quase uma década de suporte, desativaríamos The Crew 1 em 31 de março de 2024”, escreveu. “Embora entendamos que isso pode ser decepcionante para os jogadores, foi necessário devido à infraestrutura do servidor e às restrições de licenciamento.”



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *